WEBISMO - um movimento artístico global

 

Pygoya, Outubro de 2003

 

Translation from English by Tatiana Bianconcini, Brazil

 

1. Criar arte usando qualquer meio para compartilhar principalmente online e desse modo contribuir para e expandir Cybercultura.

2. Contribuir digital arte, como um produto da mesma tecnologia que fez da Internet uma realidade, como a principal fonte para uma cybercultura global.

3. Artistas trabalhando unidos na missão de construir a cultura de artes visuais na Web.

4. Promover o senso da paz através da amizade sem barreiras e expandir a consciência global.

5. Identificar esta nova e especializada forma e aplicação de arte digital/gráfica [apresentação no tamanho do monitor, o-que-você-vê na tela é a obra de arte 'original', web page/ambiente do site para a imagem, inclusão equilibrada de elementos de mídia mixados através das ferramentas de alta tecnologia].

6. Demonstrar a existência de estilos pessoais identificáveis entre os trabalhos desenvolvidos pelos artistas digitais.

7. Admitir que estes artistas merecem o reconhecimento por excelência dentro da linguagem que escolheram, igualmente se ainda não o têm também pelo tradicional mercado estabelecido de arte e seus críticos.

8. Declarar a efêmera imagem digital online como a obra de arte original e qualquer impressão ou pintura derivada da digital como uma cópia ou 'reprodução'; ajudar os outros a compreender que pintura e escultura fotografadas ou escaneadas são meramente 'reproduções' digitais, mesmo que em web sites de prestigiados museus.

9. Organizar exposições online para mostrar o talento dos artistas e a declaração expressiva e cognitiva que os trabalhos geram por si mesmos.

10. Documentar as atividades dos Webistas como eles uniram-se para formar um novo 'worldwide -ismo' em Arte; recordar sua existência e passagem para historiadores tradicionais os descobrirem futuramente.

11. Organizar exposições off line para expandir a percepção de mais pessoas [tanto público leigo quanto instituições de arte] de diferentes regiões e culturas do mundo da existência do movimento Webista.

12. Auxiliar artistas digitais off line na aceitação de suas ferramentas artísticas como um legitimado meio de produzir artes plásticas.

13. Distinguir para o público as diferenças de sentido entre "artista gráfico", "artista digital", "cyberatista", e "Webista".

14. Criar oportunidades onde Webistas possam se encontrar fisicamente e se conhecer, fora do cyberespaço e da limitação do email.

15. Criar e promover uma identidade de um novo grupo de artistas com semelhantes objetivos comuns como num histórico movimento artístico, aqui concebido e materializado através da nova modalidade de comunicação da World Wide Web.

16. Educar, através da consciência, a próxima geração nas escolas, de que a nova geração de arte digital está acessível em um clique de seus computadores; tentar ensinar a ética de não roubar online obras de arte de propriedade intelectual alheia.

17. Promover a comercialização de tiragens impressas em edições limitadas e assinadas como objetos de valor para ajudar a apoiar os esforços online dos artistas.